noites em que nada sugere sentido
a cabeça vagabunda
maquinando as mais toscas complexidades
figurando o que torna as coisas assim
intransponíveis
um ou outro fiapo de memória
incorpóreo
modulado por referências proibidas
imagens queridas
amontoadas na margem da rotina
tesouros desfigurados
de um tempo
que escorregou.




Anúncios

Uma resposta to “”

  1. Oi afilhadinho muito legal, Saudades . Beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: