Não queira mal a quem te dói;
é se ferir de novo e de novo.
No mais das vezes, é alguém que faria apenas o possível.

Tanta gente chapinhando no fácil, celebrando o normal.
Vão á caça, como se houvesse sentido em vencer sozinho.
Brilham e destroem e pensa bem;
é bom não ser desse jeito.

Tenta relevar, todo mundo se abisma em algum momento.
A mágoa é desnecessária, os velhos hábitos
tentam cobri-la de nobreza.
É estúpido importar tanto; o que está perdido, já foi.
Encare a tristeza no olho,
faça com que ela se ocupe de alguma outra coisa.





Anúncios

Uma resposta to “”

  1. Espetacular. Daqueles de beber como um gole d’ádua prá acalmar o espírito. **Estrelas**

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: