Eu sei que é egoísta, tão pouco tempo.
Nem sequer original, essa ânsia de conquistar o horizonte.
Ir tão fundo quanto possível, sair do comum.
Pegue minha mão, podemos passar por isto juntos.
Mas você sabe, nunca é fácil.
Sempre o perigo de escorregar.
Eu tento te convencer a ir comigo,
mas não consigo explicar os detalhes do caminho;
não as coisas que você quer saber.
Eu consigo te amar, mas aos saltos
porque a vontade é um oceano lancinante.
A ambição nunca desaparece.
A perda está aqui, no fundo de cada silêncio.
E este escuro, essa sombra é a culpa.
E há tanta, tanta escuridão.




Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: