Não devia ter deixado a montanha
por essas luzes frias.
Sonhos dopados corações partidos.
Esparadrapos psicológicos para todas as coisas.
Besteira minha, trocar o fim de tarde
por pedaços de semana onde o sol é falso.
Cerveja aguada jogos sensuais.
Eu estou bem, apesar de tudo.
Mas o apesar de tudo representa apenas alguns centímetros.
Estou bem durante este instante.
Ele preenche a minha mente, talvez tenha que ser assim.
Mas eu sei, tenho que sair do redemoinho
e achar o meu caminho de volta.

A montanha espera em nuvens fracas
e brilha suas noites com a lua e as estrelas.
Pelos anos, a certeza da fuga.



Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: