Eu fico sentado franzindo as sobrancelhas como o vilão dos filmes, retraçando nossa estória e pensando em você.
Olha, eu sinto muito por ter te deixado triste. Mas não sei o que poderia ter feito diferente porque é desse jeito que eu sou.
Talvez não fosse assim se você tivesse me escutado e ficado comigo. Mas você tinha que dizer todas as coisas e sair e me deixar com as recordações, meus velhos fantasmas amestrados.
É como está sendo agora e é natural que eu não responda,
não posso deixar de proteger o que tenho de bom e tudo o que me trouxe até aqui. Se eu deixasse estar, seria de uma forma fraca;
um curativo bobo. Assim é melhor.
Talvez algum dia desses, você entenda.




Anúncios

Uma resposta to “”

  1. Leilane Lara Says:

    Eita infinito amor!!! …hehehe…bjs e parabens! …Voce escreve muito bem!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: