Se houvesse alguma forma
de guardar os instantes que definem a vida da gente
tantas noites em que simplemente saíamos
e colecionávamos sensações.
Quando sorríamos, éramos sinceros.
Os ritmos da semana,
cada mudança que criávamos.
O tempo perdia a fleuma quando estávamos juntos.
Porque quando eu lembro de toda essa parte da minha vida,
eu lembro de você.
Estávamos realmente perto da verdade ?
Não dá prá evitar, eu vivo no mesmo mundo
que você.
E agora, alguém é capaz de dizer
que nossa história acabou ?
fizemos sentido em algum momento ?
Estamos partindo
ou chegando ?




Anúncios

2 Respostas to “”

  1. Nada faz sentido e, ao mesmo tempo, tudo tem o seu sentido.
    Nada nunca dura para sempre. O pra sempre é uma ilusão!
    Porém, nada nunca morre, tudo se eterniza.
    Como assim, né?
    Não sei explicar, é uma linha muito pequena entre um e outro. Você sabe…

    “Talvez não se vissem nunca mais, com olhos daqui pelo menos”.

    **
    beijo, bruu

  2. um rosa pode morrer.. mas nunca deixará de ter existido…

    O que dói não é ter passado, nem ter futuro diferente do almejado.. o que dói é a saudade… …desejo de sentir de novo…
    … e por que sentir de novo se podemos sentir o novo?
    E não era isso que fazíamos? Não tinhamos referência, estavamos apenas sentindo o novo… É dessa sensação que temos saudade… =D

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: