Dessas últimas viagens, o que vou lembrar mais é dos rostos
de vocês; rostos tão conhecidos que em um ou outro instante
eu pude ver como são de verdade
e tive certeza
e gostei tanto.

E agora este momento congelado na memória,
imagens ternas que a princípio voltariam à expressão normal,
aquela que eu me acostumei a ver em vocês.

Mas desta vez eu não quero.

Talvez seja o momento de começar a perder a lógica e reaprender
o lado da fantasia, da lembrança perfeita,
da imagem que vale mais que todos os quadros do mundo.




Anúncios

Uma resposta to “”

  1. 🙂 🙂 🙂
    Pq os olhos choram tanto que eu não encontrei as letras….

    **Estrelas cadentes**

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: