Agora saca só esse pessoal aí na frente. Estão preocupados
contando os quilômetros, pensando em onde irão dormir esta
noite, quanto dinheiro vão gastar com gasolina, se o tempo
estará bom, de que maneira chegarão onde pretendem.
– e quando terminarem de pensar já terão chegado onde pretendem –
e quando terminarem de pensar já terão chegado onde queriam, percebe ?
Mas parece que eles tem que se preocupar e trair suas horas,
cada minuto e cada segundo, entregando-se a tarefas aparentemente
urgentes, todas falsas; ou então a desejos caprichosos puramente
angustiados e angustiantes, suas mentes jamais descansam, não
encontram a paz, a não ser que se agarrem a uma preocupação
explícita e comprovada, e tendo encontrado uma, assumem
expressões faciais adequadas, graves e circunspectas,
e seguem em frente, e tudo isso não passa, você sabe,
de pura infelicidade, e durante todo esse tempo a vida
passa voando por eles e eles sabem disso, e isso também
os preocupa, num círculo vicioso que não tem fim.


(Dean Moriarty)



Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: