No quintal da minha mente velhas sombras se agitam.
O idílio acabou, as horas precisam aprender a passar.
Horas de reiniciar a andança do sem-onde,
esse debate infindável entre o que não posso e o que não me basta.
Buscar o encontro da ponta que perdi com a que ainda não tenho.
Uma luta que se ganha, apenas por ser necessário.
Porque a história das minhas dores
não é a história da minha vida.
Eu tenho uma caixa guardada na montanha
cheia de pedrinhas de tempo e sabores de domingo que provam,
sem sombra de dúvida, que você nunca existiu.

O futuro espera em silêncio.




Anúncios

3 Respostas to “”

  1. Não, Gil, não foi nada tão angustioso assim. 🙂 A Travessia foi por algo que ainda não nasceu. Certas cantos ecoam lentos, como eu disse, porque há certas palavras que demoram a nascer. A gente pressente, suspira por elas, que ainda não passam de germinações, rudimentos do que ainda está por vir. E por falar em futuro, ele sempre me olha tangendo diretamente o passado. O presente às vezes se cobre de lassidão, preenchido que está de memórias tantas e aguardos infindos. É na hora de dormir revolvo a minha caixa guardada lá no alto da montanha, com pedras, cheiros e sabores de vários tempos. Dormir então se torna aventura e desafio, profundo o silêncio cheio de ecos e sombras.
    Um beijo.

  2. “Porque a história das minhas dores
    não é a história da minha vida”

    Você é demais, Gil!!!

  3. e mais:
    A tua cabana na montanha
    é quase minha também
    imagens sobrpostas
    nadando em meio ao nevoeiro
    o vento no meio da noite
    o fogão ‘a lenha com seu
    abraço de conforto…
    Só a caixa tem segredos
    pois as pedras são peciosas
    quando cristalizam o tempo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: