E então percebi que meus passos falhavam
tropeçando no vazio
abaixo das necessidades mais mesquinhas da rotina
simplesmente irrelevantes
perseverei, tentei correr
percorri ruas esburacadas, procurei por sinais
que indicassem alguma direção
e a noite se recusou a revelar
qualquer coisa que eu já não conhecesse
desse cenário envelhecido
de esquinas e calçadas que ainda amo
mas já não sei se posso
acreditar.





Anúncios

5 Respostas to “”

  1. bisou, mon chéri!!

  2. não sei se o e-mail que tenho teu é realmente teu. de toda forma PARABÉNS PARABÉNS PARABÉNS PARABÉNS!!! (tem uma entonação toda especial, qdo vc vir pra cá cantamos, eu e map, pra vc).
    beijo, menino da montanha. seja feliz, ame, seja amado, coma verduras.
    adoro adoro adoro você

    bjinho
    and

  3. A gente corre, corre… Pra onde? Sempre para o que a gente ama, mesmo quando no sentido oposto de correr. Perseverar é ainda amar o velho cenário, e tentar ressignificá-lo. Talvez. Sempre bonito.
    Bjos!

  4. Acreditar é importante.

  5. é como ser um eterno sonhador
    num mundo de fantasmas.

    o olhar que enxerga uma pintura que não existe no mundo,
    como se vivessemos com oculos 3d, percebendo tudo de uma maneira única. nao sei explicar, mas acho que entendes.

    sinto falta das minhas conversas com a noite…
    há tempos ela não me diz nada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: