Suave canibalismo que devora
su presa que lo danza hacia el abismo
oh laberinto exacto de sí mismo
donde el pavor de la delicia mora

y el juego en el que cada espejo
miente otra vez lo ya mentido
y con ecos del vacío
tañe la música del tiempo.





( Julio Florencio Cortázar )


Anúncios

2 Respostas to “”

  1. jogo de espelhos, casas assombradas.

  2. amooooo cortázar!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: