Arquivo para março, 2009

Posted in idílios on março 31, 2009 by meuparedro





O sol se põe em ângulos estranhos nesses meados da vida.
As coisas e seus diferentes horizontes.
Só as estrelas são sempre as mesmas.
E vai sendo assim; quando acho que algo faz sentido,
não desisto por causa de algumas noites ruins.
Um pedaço de sonho ainda é estar sonhando.
Eu não tenho as ferramentas ideais, vou tentando sempre desajeitado,
mas consertar a gente
ainda vale a pena.
Duas horas são como dois minutos
quando fechamos os olhos e as lembranças sorriem.
Quem precisa de holofotes quando a lua está á disposição ?
Talvez eu possa viver melhor sem seus problemas me enchendo a cabeça,
mas eu prefiro viver pior a não estar a seu lado.




Anúncios

Posted in idílios, Lilac on março 23, 2009 by meuparedro





Foi uma vontade,
uma idéia de sair e estar com você.

Dia após dia escapando à tristeza,
o nó na garganta.

É estranho precisar desses momentos,
longe da balbúrdia das coisas ?

Você e eu, quietos aqui.

Passando o tempo, deixando estar.

Um dia tão quente, cheio de clamores.

O tempo do mundo correndo sem freios.

Você e eu,
você e eu e as árvores e o vento
Lá fora tudo passando.




Posted in as coisas, idílios, tempestade on março 13, 2009 by meuparedro





É difícil distinguir o real daquilo que sinto.
Eu tento me mover até um ponto no tempo
onde o estado das coisas seja um estado de espírito
todo momento quero parar
e entender um pouco
isto que devem ser os seus pensamentos
Alguns deles são seus mesmo,
outros invenção minha.
Não há uma razão lógica para tristeza.
Nada está latejando através dos dias.
Não é bom dizer que você vai ser sempre minha
Essas piadas que nunca tem controle
Eu sei que você está na minha vida
e a sensação de que o que é bom pode se repetir é suficiente.
Eu tenho essa mania de imaginar
cada razão para que tudo dê errado
cada quilômetro que ando vale por cinco
e tudo no caminho pode apresentar uma cara falsa
cada assassinato permanecer impune
a cada instante.
Esse tipo de queda mantém
a saudade constante do que passou
do que pode ser
do que é.




Posted in idílios on março 5, 2009 by meuparedro





Tão bom acordar com ela, as horas do dia ganham as formas de seu corpo. Ela me diz para levantar, mil coisas prá fazer. Eu roubo mais um pouco do seu tempo, eu respiro seus cabelos. Pensando coisas bobas, querendo morrer entre suas pernas.

Ela ganha esse lugar na minha vida a cada noite que passa
e sua pele brilha sob as estrelas da janela e eu me sinto mais perto de algo importante. Ela é isso, uma intrincada verdade de sorriso grandão.