Arquivo para janeiro, 2009

Posted in as coisas, tempestade on janeiro 20, 2009 by meuparedro




A cidade vazia, todo mundo vivendo o verão em altitudes distantes.
A lua pendurada no céu como filme saído de um velho projetor.
Silêncio terrível na noite que começa.

Resolvo fazer café para mim mesmo e exagero a quantidade.
Acabo bebendo tudo porque sempre lembro o quanto você odeia desperdícios.
Essa noite imensa, vagando pela casa como menino perdido no supermercado.

Um astronauta poderia ter visto a tristeza em meus olhos, lá do espaço.

* * *

essa pena irremediável de você,
de mim,
de todos que insistem em continuar amando,
da verdade e do erro em nossas crenças,
do absurdo simples do amor
e do absurdo complicado do amor criado pelas pessoas.



Anúncios

Posted in Referências on janeiro 10, 2009 by meuparedro





pretobras


quando estou longe, quero ficar perto.

quando estou perto, quero ficar dentro.

quando estou dentro, quero ficar mudo.

quando estou mudo, quero dizer tudo.

( Itamar Assumpção )




Posted in as coisas, tempestade on janeiro 4, 2009 by meuparedro




As pessoas tão felizes no feriado de ano-novo,
mais uma vez me sinto como um fantasma.
Lugares que gosto, pessoas que se perderam.
Tantas histórias bonitas prá contar.
E faz falta aquele sentimento de recomeço,
de ter um ano novo para realizar coisas boas.

Esta noite, vou ler um livro e tentar dormir.

Para o ano, a primeira coisa é manter os amigos.
Esquecer um pouco meu umbigo e estar lá para eles.
A segunda são aquelas horas em que tudo está bem.
Aprender a encontrá-las em outras coisas,
garimpá-las no dia a dia.

A terceira é parar de ficar tão triste por causa dela.

O sol brilha sobre uma montanha que não é a minha,
mas que aprendi a gostar quase igual.
Não há mudanças, tudo está em seu lugar
e isto só torna mais difícil entender o porquê
de tudo precisar ser assim.